segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Ariel

    Quero amar-te numa cama primaveril, inundada pelo sol da manhã.
    Cheiras a madressilva e a noites de lua cheia - deixa que Ariel abençoe o teu corpo e o envolva no sussurro feérico das folhagens do jardim. Do longe, traz-te tesouros que iluminam os teus olhos de menino e os fazem brilhar de surpresa. Embala-te nos seus braços de brisa, entoa-te melodias de sonhar e flutua contigo num cântico de amor profundo.